Cogumelos Shiitake: o que são, propriedades e receitas

Cogumelos Shiitake: o que são, propriedades e receitas

Os cogumelos Shiitake são considerados um alimento altamente reverenciado no Japão e na China há mais de 2.000 anos. Actualmente, juntamente com a soja e o sushi, é a comida oriental com mais presença nos pratos ocidentais. Shiitake tornou-se provavelmente o cogumelo asiático mais popular e cultivado do mundo. Mas o que os torna tão especiais? A razão pela qual este pequeno fruto é tão importante na sua cultura é devido aos seus múltiplos benefícios para a saúde. As suas propriedades medicinais combinadas com o seu sabor intenso e aroma fumado têm sido os factores-chave para que este cogumelo seja agora um “must” em qualquer tipo de cozinha.

O que são eles?

A palavra “shiitake” é uma palavra japonesa deri
vada de “shii”, uma variedade de carvalho em que este tipo de cogumelo cresce normalmente, e “take”, que significa cogumelo em japonês. Os cogumelos Shiitake são de cor castanha, mais escuros no centro e mais claros no exterior. São fáceis de reconhecer pela sua grande tampa, que pode ter até 25 centímetros de diâmetro. Pode também distingui-los pelo seu aroma terroso e pela sua textura suave e suculenta, capaz de enaltecer qualquer paladar.

Este cogumelo cresce naturalmente duas vezes por ano, na Primavera e no Outono, na madeira de certas árvores tais como carvalho, faia, eucalipto ou azinheira. Também é possível cultivá-lo em substratos naturais ou sintéticos, geralmente feitos de palha ou serradura. Contudo, a forma mais comum de as encontrar é desidratada, embora nos países asiáticos seja mais fácil de as comprar frescas. Mas cuidado! É importante ter em mente que se usar cogumelos secos, o seu sabor será muito mais intenso do que na sua versão fresca e, portanto, a forma de cozinhar ambas as versões é também diferente.

Descobrir onde comprá-los

Pode comprar cogumelos shiitake na nossa loja online ou nas nossas lojas em Barcelona e Madrid.

© Diseño web imacreste

Imóveis

A primeira referência escrita aos cogumelos shiitake data da Dinastia Sing (960-1127), mas foi só na Dinastia Ming (1368-1644) que este cogumelo começou a ser prescrito por médicos para tratar doenças hepáticas, regular o colesterol, melhorar a circulação e, em geral, preservar a saúde. Desde então, este cogumelo tem sido um elemento com aparições constantes na história da medicina tradicional chinesa. No entanto, ainda hoje é considerado um alimento com grandes qualidades curativas e preventivas, sendo mesmo possível consumi-lo sob a forma de cápsulas. Aqui está uma selecção das principais propriedades que fizeram deste cogumelo asiático o segredo mais bem guardado para a longevidade.

Fortalece o sistema imunitário

As propriedades medicinais dos cogumelos shiitake devem-se principalmente a um dos seus componentes: o lentinan. Esta molécula é conhecida por reforçar o sistema imunitário e as defesas contra doenças como o cancro. Além disso, a lentinana, além de ser um imunoestimulante, pode reduzir os níveis de gordura no sangue e o risco de trombose.

Em relação ao tratamento do cancro, tem havido múltiplos estudos científicos que mostram o poder dos cogumelos shiitake na prevenção e redução das células cancerígenas. Especificamente, em 2006 foi realizado no Japão um estudo sobre o cancro da mama cujos resultados mostraram que estes cogumelos eram capazes tanto de causar a morte celular em células cancerosas, como de retardar o seu crescimento.

Benefícios cardiovasculares

Por outro lado, os cogumelos shiitake são os cogumelos com a maior percentagem de fibra entre todos os cogumelos cultivados. Grande parte dessa fibra é constituída por quitina, um hidrato de carbono presente no shiitake que, além de facilitar a digestão, ajuda a controlar e melhorar o colesterol. Por essa razão, é de grande ajuda em pessoas com doenças cardiovasculares ou hipertensão.

O cogumelo da eterna juventude

Consegue imaginar todos os ingredientes para uma pele perfeita num frasco? Os cogumelos Shiitake são uma rica fonte de minerais tais como ferro, cálcio e magnésio. Além disso, contêm nove aminoácidos essenciais e vitaminas B e D2. O cocktail perfeito para a regeneração celular, manutenção saudável da pele e a prevenção do envelhecimento prematuro.

Receitas

Há muitas receitas tradicionais ou inovadoras com cogumelos shiitake. Queríamos destacar 3 deles que penso que vão gostar.

Receita de sopa de Ramen (Shoyu Ramen)

Ingredientes para 4 porções:
4 porções de macarrão Ramen (125 a 150 g. por porção).
500 g. de barriga de porco (para o porco chashu)
4 ovos (para o ovo marinado)
1 folha de algas Nori(dividida em 4)

Para o caldo
3 l. água
1 kg. de ossos de frango
½ kg. de ossos de porco
3 cogumelos Shiitake desidratados
3 peças grandes de gengibre
2 caules de cebola de mola
1 cenoura
1 cabeça de alho

Para a Tara
300 ml. de molho de soja japones
150 ml. de Sake
150 ml. Mirin
1 pedaço de algas Kombu (cerca de 5 g.)
4 dentes de alho
3 fatias grossas de gengibre
1 pedúnculo de cebola de primavera

Para o óleo aromatizado
50 g. de cebolinha
½ copo de óleo vegetal (cerca de 120 ml.)

Receita japonesa de sopa de miso com legumes e cogumelos shiitake

Ingredientes:
Caldo de legumes
Gengibre
Pasta Miso
50gr de Shiitake
30gr de abobrinha
30gr de cenoura
Gergelim negro
Shiitake a feira

Receita original onde substituiremos o polvo por cogumelos shiitake.


Ingredientes:
2 batatas
150 gr de cogumelos shiitake
1 colher de chá de algas wakame
1 pedaço de algas marinhas kombu
1 colher de chá de sal
1 litro de água
Sal grosso
Pimentão-doce e paprica picante
Azeite virgem extra