Wagyu, a melhor carne do mundo

carne japonesa waygu

Pode parecer um pouco pretensioso, mas sim, Wagyu é a carne gourmet entre as carnes. Wagyu é o tipo de carne mais sofisticado e venerado na cozinha japonesa devido ao seu sabor único, suculência e características de textura que argumentam porque é uma das carnes mais procuradas no mercado. E pode perguntar-se… Será que vale mesmo a pena? Para o ajudar a descobrir, vamos dizer-lhe todos os detalhes e características desta relíquia japonesa, considerada por muitos como “a melhor carne do mundo”.

O que é a carne de Wagyu?

Até há relativamente pouco tempo, muito poucas pessoas, excepto verdadeiros amantes da carne e da cozinha japonesa, estavam familiarizadas com Wagyu. No entanto, era mais comum conhecer a carne kobe, um tipo de carne com uma denominação de origem e normas de qualidade muito rigorosas. Devido à confusão que pode gerar estes dois termos, é necessário salientar que estas duas carnes NÃO são a mesma coisa.

Wagyu beef (pronuncia-se como “guayu”) é o nome dado a um tipo de raça bovina nativa do Japão. Nem todas as raças japonesas são Wagyu, apenas quatro: Kuroge washu (preto japonês), Mukaku Washu (mocha japonês), Nihon Tankakushu (chifre japonês) e Akage Washu (castanho japonês).

O erro e a confusão entre os termos reside em referir-se à carne de Wagyu como kobe. Na realidade, kobe é uma denominação de origem, ou seja, não pode ser considerada carne kobe até que o animal seja abatido. Por conseguinte, podemos dizer que kobe é um tipo de Wagyu. No entanto, nem toda a carne Wagyu pode ser considerada kobe porque nem toda a carne Wagyu cumpre as normas japonesas para kobe. Apenas alguns tipos específicos de Wagyu são kobe.

E se viajar para o Japão e quiser experimentar esta iguaria animal, que lugares não pode perder? Sem dúvida, a cidade de Kobe, onde se pode provar os melhores pratos com este ingrediente nos seus já conhecidos restaurantes de cozinha japonesa. Além disso, o governo japonês atribui anualmente um selo oficial de Wagyu aos melhores animais do país.

Características

O que distingue esta carne como uma das mais requintadas e suculentas do mundo, também conhecida como o “caviar das carnes”, é a sua versatilidade culinária juntamente com o seu sabor e ternura. A carne de Wagyu é tão valorizada em relação a outras raças de carne de bovino pela sua capacidade genética de gerar grandes quantidades de marmoreado, também conhecido como marmoreado, fibras gordas encontradas entre os seus músculos. Esta gordura é a característica que define esta carne porque é o que lhe dá a sua textura derretida na boca. Além disso, quanto maior for a quantidade de gordura infiltrada na carne, mais tenra é a peça. Além disso, Wagyu é também uma carne rica em aminoácidos e gorduras insaturadas, o que aumenta a sua qualidade. Em resumo: um alimento saboroso, de qualidade e rico em proteínas, perfeito para incluir como um deleite em qualquer dieta.

No entanto, cozinhar esta carne requer conhecimento e experiência para não interferir com as propriedades desta iguaria indescritível.

Como cozinhá-lo?

Como sublinhámos acima, a gordura é de especial importância neste tipo de carne. Portanto, é a gordura que irá definir a melhor técnica para a sua preparação. As formas mais comuns de preparação são as seguintes:

Grelhados. Esta é a técnica aparentemente mais fácil que qualquer pessoa pode utilizar em qualquer altura. Claro, respeitando sempre o objectivo da carne e evitando demasiada cozedura.

Dupla cozedura. Nesta técnica, a carne é primeiro cozinhada a uma temperatura adequada para obter o ponto desejado e depois marcada pela chapa para a dourar.

Churrascado ou grelhado. As melhores peças para as preparar são o lombo de vaca e o lombinho, uma vez que são as peças mais tenras. Se quiser ser coroado com o resultado, deixe-o temperar durante algumas horas antes de cozinhar e adicione alguns flocos de sal apenas no final. No Mercado Oriental, recomendamos este tipo de cozinha e a utilização de churrascos tradicionais japoneses que pode encontrar na nossa loja.

Bife tártaro ou Carpaccio. Para os mais vanguardistas, a carne Wagyu permite-lhe experimentar na cozinha e criar receitas com ela ao estilo do famoso tártaro de bife, bem como na forma de carpaccio.